Segundo Tempo: Tensão para os mercados internacionais

0 123 0

03/04/2017 POR: Guide Investimentos

No exterior, o clima de cautela prevalece na primeira sessão de abril e o movimento influencia a bolsa doméstica. Os mercados europeus e americanos operam no campo negativo, após um provável atentado terrorista no metrô da Rússia, e também pressionados com os indicadores abaixo do esperado sobre a economia dos EUA. No Brasil, o Ibovespa reduz seu ganho acompanhado na abertura, e opera próximo da estabilidade.

Cenário Externo: Mercado reage ao ato terrorista; bolsas seguem em queda

No cenário externo, o mercado reagiu a uma explosão em uma estação do metrô em São Petersburgo, na Rússia, classificada como um ato terrorista pelo governo russo. Com isso, prevalece o viés de queda nos principais mercados acionários internacionais.

Nos EUA, os dados mais fracos dos EUA pressionam os principais índices americanos que seguem em queda. O PMI industrial do país desacelerou em março ao seu menor ritmo em seis meses para 53,3, ligeiramente abaixo do consenso (de 53,5). Apesar do patamar indicar expansão da atividade, parece que a retomada do setor de manufatura, após as eleições americanas perdeu um pouco o fôlego.

Ainda nos EUA, o presidente do Federal Reserve de Nova York, William Dudley, não trouxe surpresas em sua fala. Dudley ressaltou que a perspectiva de juros do Fed dependerão dos dados econômicos.

Brasil: Ibovespa próximo da estabilidade; Dólar segue em queda

Mercados: O Ibovespa perdeu fôlego no início da tarde, e opera com volatilidade, próximo da estabilidade. O destaque de alta fica por conta das ações de Papel & Celulose, registrando a quarta sessão seguida de valorização do setor. Hoje, a Fibria anunciou a antecipação das operações do projeto Horizonte 2, para o final do terceiro trimestre, ante a previsão inicial para o 4T16.

No campo negativo, figuram-se os papéis da Vale, pressionadas pelas oscilações do minério de ferro das últimas semanas. Hoje, o preço de referência do minério no porto de Qingdao caiu, enquanto os contratos futuros não foram negociados por conta de feriado local. Registre-se: os mercados chineses não operam entre hoje e amanhã em função de um feriado (Festival Qingming).

Vale lembrar que hoje ocorreu a 1ª prévia do índice Ibovespa para o período de maio a agosto deste ano. Cesp foi substituída pela Eletrobrás no principal índice acionário brasileiro, e o ativo segue em alta na sessão desta segunda feira.

Em relação ao dólar: a moeda segue pressionada para baixo frente ao real, descolada da alta frente aos seus principais pares internacionais. Por aqui, há a expectativa de entrada de recursos estrangeiros na Bolsa neste trimestre que se inicia, e o mercado segue acompanhando os desdobramentos políticos, principalmente com as decisões do TSE em relação à chapa Dilma-Temer.

Na BM&F, o mercado de juros operava sem viés único, em dia de poucas movimentações. Assim, os DI’s oscilam perto da estabilidade. Vale lembrar que no boletim Focus divulgado hoje pelo Banco Central, a projeção para o IPCA 2018 se manteve inalterada, em 4,50%, enquanto que a taxa Selic e a inflação para 2017 recuaram.

No front político, governo segue otimista com a ação da Chapa Dilma Temer. No Planalto, ainda prevalece remota a possibilidade de Temer não terminar o mandato em função da possível condenação da ação do PSDB.

No front “macro”, os agentes já refazem as projeções para a produção industrial de fevereiro, que sairá amanhã às 09h. Como ressaltamos nas últimas semanas, com os resultados recentes observados da atividade econômica do país, é provável que BC intensifique o ciclo de afrouxamento monetário já nas próximas reuniões; as reformas também seguem no radar.

Sobre os movimentos no pregão de hoje*:

Ibovespa: +0,27 aos 65.157 pontos;
Real/Dólar: -0,24%, cotado a R$3,1150;
Dólar Index: +0,13%, 100,48;
DI Jan/19: -3 pontos base; 9,47%;
S&P 500: -0,16%, aos 2.359 pontos.

*Por volta das 17h11, horário de Brasília. Obs.: a taxa de câmbio utilizada é a referência da Bloomberg.

 

Contatos
Renda Variável*


Luis Gustavo – CNPI
lpereira@guideinvestimentos.com.br

Equipe Econômica

Ignácio Crespo Rey
irey@guideinvestimentos.com.br

Lucas Stefanini
lstefanini@guideinvestimentos.com.br

Guilherme Vasone
grocha@guideinvestimentos.com.br

Rafael Gad
rpassos@guideinvestimentos.com.br

*A área de Renda Variável é a responsável por todas as recomendações de valores mobiliários contidas neste relatório.

“Este relatório foi elaborado pela Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores, para uso exclusivo e intransferível de seu destinatário. Este relatório não pode ser reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores. Este relatório é baseado em informações disponíveis ao público. As informações aqui contidas não representam garantia de veracidade das informações prestadas ou julgamento sobre a qualidade das mesmas e não devem ser consideradas como tal. Este relatório não representa uma oferta de compra ou venda ou solicitação de compra ou venda de qualquer ativo. Investir em ações envolve riscos. Este relatório não contêm todas as informações relevantes sobre a Companhias citadas. Sendo assim, o relatório não consiste e não deve ser visto como, uma representação ou garantia quanto à integridade, precisão e credibilidade da informação nele contida. Os destinatários devem, portanto, desenvolver suas próprias análises e estratégias de investimentos. Os investimentos em ações ou em estratégias de derivativos de ações guardam volatilidade intrinsecamente alta, podendo acarretar fortes prejuízos e devem ser utilizados apenas por investidores experientes e cientes de seus riscos. Os ativos e instrumentos financeiros referidos neste relatório podem não ser adequados a todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento, a situação financeira ou as necessidades específicas de cada investidor. Investimentos em ações representam riscos elevados e sua rentabilidade passada não assegura rentabilidade futura. Informações sobre quaisquer sociedades, valores mobiliários ou outros instrumentos financeiros objeto desta análise podem ser obtidas mediante solicitações. A informação contida neste documento está sujeita a alterações sem aviso prévio, não havendo nenhuma garantia quanto à exatidão de tal informação. A Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores ou seus analistas não aceitam qualquer responsabilidade por qualquer perda decorrente do uso deste documento ou de seu conteúdo. Ao aceitar este documento, concorda-se com as presentes limitações.Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos do artigo 17 da Instrução CVM nº. 483/10, que: (I) Quaisquer recomendações contidas neste relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à Guide Investimentos S.A. Corretora de Valores.“

0 123 0

Cadastre-se e receba nossos conteúdos exclusivos



Comentários (0)

Ordenar por:

Desculpe, comentários para esta entrada estão fechados neste momento.

Nenhum comentário

Você pode ser o primeiro a comentar!

Bitnami